Pesquisar

Corrupção Política nos Media: uma perspetiva comparada – Portugal, Brasil e Moçambique

projeto do Centro de Investigação Media e Jornalismo

Notícia no JornalismoPortoNet (JPN) – Media: “A corrupção é má, seja ela dos nossos ou dos outros”

O papel dos blogs na discussão pública da corrupção política foi refletido por Estrela Serrano
Estrela Serrano

O seminário “Democracia, Jornalismo e Corrupção Política” aconteceu esta terça-feira, 28 de abril, no pólo de Ciências da Comunicação da Universidade do Porto. Estrela Serrano e Ana Cabrera foram dois nomes entre o leque de oradores do evento.

O dia de terça-feira, 28 de abril, no pólo de Ciências da Comunicação da Universidade do Porto foi o palco da reflexão sobre três temáticas, distintas, mas não necessariamente desconectadas umas das outras: democracia, jornalismo e corrupção política. A sessão da tarde teve início com a intervenção de Estrela Serrano, que apresentou no âmbito do projeto “Cobertura Jornalística da Corrupção Política: uma perspetiva comparada”, as conclusões do estudo “O contributo da blogosfera na discussão da corrupção política”.

A Presidente do Centro de Investigação Media e Jornalismo (CIMJ) salientou como ponto fulcral deste estudo, o papel dos novos media na criação de crítica e conhecimento no público, ao ponto de estes poderem substituir os media tradicionais. Os blogs foram por excelência os objetos de estudo em análise e os principais motivadores de questões e levantamento de hipóteses.

A possibilidade de existir uma separação entre os blogs e os media tradicionais foi colocada em cima de mesa, no entanto Estrela Serrano explicou que ambos os núcleos são mais dependentes um do outro do que inicialmente se previa. O uso de fontes por parte dos blogs é normalmente feita com recurso a links de jornais de referência, uma forma de credibilizar a informação retida na blogosfera. No outro lado da moeda, os media tradicionais procuram na blogosfera o fator notícia, algo que possa despertar o interesse jornalístico. Como explica a investigadora, “os blogs alimentam-se de atualidade” e “gostam de credibilizar a sua própria informação”.

A linha que separa um jornalista de um blogger deve estar, para Estrela Serrano, bem definida, uma vez que a responsabilidade social perante o leitor é diferente quando se está perante um profissional credenciado e sujeito a um código de Ética – “Devem ser os primeiros [jornalistas] a saber identificar a sua identidade e autoridade profissional”, defende.

No estudo realizado pela investigadora, esta denotou que os casos de corrupção como o Face Oculta, BPN, Freeport e o escândalo dos submarinos foram criticados duramente por bloggersde todos os quadrantes políticos, não existindo qualquer solidariedade partidária, o que demonstrou que a corrupção é “má”. “Seja ela dos nossos ou dos outros”, afirmou.

Face Oculta e Freeport foram também motivo de referência na intervenção de Ana Cabrera. A investigadora do CIMJ teve estes dois casos presentes numa análise que elaborou à cobertura jornalística da imprensa. Para Ana Cabrera, existem determinados atores que podem definir o percurso de uma cobertura mediática e o nome José Sócrates foi o lugar-comum de ambos os casos. A modificação drástica que ocorreu nos media após o alegado envolvimento do ex-primeiro-ministro, foi notória e ainda nos dias de hoje, é alvo de crítica no meio jornalístico e na opinião pública – “O caso Face Oculta é visto como um caso de pressão sobre os meios de comunicação social, mas muito criticável aos olhos dos jornalistas e do público.”, explica.

O seminário “Democracia, Jornalismo e Corrupção Política” colocou em evidência três temas que dificilmente poderão ser dissociados. A problemática da corrupção permitiu no evento, colocar à vista o que pode ser aperfeiçoado do ponto de vista jornalístico e democrático.

In: http://jpn.up.pt/2015/04/29/media-corrupcao-ma-seja-dos-dos-outros/
Por Rita Neves Costa
Publicado: 29.04.2015 | 11:03 (GMT)

Seminário “Democracia, Jornalismo e Corrupção Política” 28 Abril 2015

Cartaz Porto_final copyNo dia 28 de Abril realiza-se na Universidade do Porto, Polo Ciências da Comunicação, o seminário “Democracia, Jornalismo e Corrupção Política”, organizado pelo CIMJ. Este seminário pretende debater as tendências recentes da democracia europeia, a responsabilidade social dos media em Portugal e os processos de resolução de crises. No âmbito do projeto “Cobertura Jornalística da Corrupção Política: uma perspetiva comparada” (PTDC/IVC-COM/5244/2012,disponível em https://corrupcaopoliticacimj.wordpress.com.) serão apresentados resultados do contributo da blogosfera na discussão da corrupção política, bem como a representação dos casos Freeport e Face Oculta na imprensa. A temática cobertura jornalística de escândalos será ainda abordada numa perspetiva histórica, recuperando o caso Crédito Predial Português (1910).

Cartaz Porto_final

Projecto “A Cobertura jornalística da Corrupção Política” marca presença na Ibercom 2015

FullSizeRender (3)Vários investigadores do projecto “A Cobertura jornalística da Corrupção Política” financiado pelo FCT estiveram presentes no XIV Congresso Ibero-Americano de comunicação – IBERCOM 2015 que se realizou USP – Universidade de São Paulo entre 29 de março a 2 de abril de 2015.

Na sessão temática Comunicação e Construção da Democracia, Isabel Ferin Cunha e Patrícia Contreiras apresentaram a comunicação “A construção da corrupção política na televisão portuguesa: os casos Freeport e Face Oculta” e Ana Cabrera “A corrupção política na imprensa portuguesa: Face Oculta e Freeport”.  A sessão temática dedicada à Comunicação e Construção da Democracia, Mafalda Lobo apresentou o artigo  “O escândalo mediático da corrupção: a mediatização e espectacularização do caso BPN nas redes sociais” e Bruno Paixão “A Intensidade Mediática Do Escândalo Político No Período Democrático Português”.

Conferência “A Mediatização da corrupção política em Portugal: formas processos e impactos” | 9 Dez Centro de Estudos Judiciários

Assim foi o Dia Internacional contra a Corrupção. Conferência: “A Mediatização da corrupção política em Portugal: formas processos e impactos”.

Professor Doutor António Pedro Barbas Homem, Director do Centro de Estudos Judiciários.

Carlos Filipe Preces Ferreira, Procurador da República
O Cerco mediático da Investigação Criminal: Desafio Constante


Rui Cardoso, Presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público

Amadeu Guerra, Diretor Departamento Central de Investigação e Ação Penal
Investigação Criminal e Corrupção.

Professor António João Maia, investigador criminal da Polícia Judiciária
Evolução do Quadro Legal Português para a prevenção e Repressão da Corrupção

Enquanto não tivermos a noção de que a corrupção é verdadeiramente um problema de todos, dificilmente ganharemos consciência do papel determinante que está reservado a cada um de nós para a redução da sua dimensão.

Rádio France Internationale (RFI) na Conferência “A Mediatização da corrupção política em Portugal: formas processos e impactos” realizada no dia 9 dez, no Centro de Estudos Judiciários, para assinalar o Dia Mundial Contra a Corrupção”

« Les médias vivent de l’exploitation des faiblesses de la justice. Les magistrats eux-mêmes le reconnaissent : il y a un déficit de communication entre la justice et les citoyens, au travers des médias et des journalistes. Très souvent, le type de relations cultivé entre les deux pôles, la justice et les médias, conduit au ” cirque ” auquel on a assisté, à savoir la chasse à une personne publique. La communication de la justice aurait dû prévoir l’énorme spéculation autour de la situation. La surenchère et la diffusion d’informations erronées auraient du être évitées », explique Estrela Serrano.”
 
A peça, da correspondente da RFI, Marie-line Darcy, pode ser lida aqui.

Conferência “A Mediatização da corrupção política em Portugal: formas processos e impactos” | 9 DEZ 14h30 no Centro de Estudos Judiciários

Cartaz cadeiaNo dia internacional contra a corrupção 9 dez de 2014, realiza-se na Centro de Estudos Judiciários uma conferência subordinada ao tema “A Mediatização da Corrupção política em Portugal: Formas, Processos e Impactos”.
Nesta conferência estarão presentes membros do projeto da “Cobertura da Corrupção Política em Portugal – uma perspectiva comparada” com refª::PTDC/IVC-COM/5244/2012/ (Centro de Investigação Media e Jornalismo), assim como o Procurador-Geral Adjunto, Director do Departamento Central de Investigação e Acção Penal. Amadeu Guerra; o Procurador da República Carlos Filipe Preces Ferreira,e o Presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público, Rui Cardoso.

CFP: Revista Media & Jornalismo dedicada ao Jornalismo e Corrupção | Prazo: 30 janeiro, 2015

(See below for English)

A revista Media & Jornalismo  abre  uma  chamada de artigos para integrar o número dedicado ao Jornalismo e à Corrupção no âmbito do Projeto “Cobertura Jornalística da Corrupção Política: uma perspetiva comparativa” (FCT,  PTDC/IVC-COM/5244/2012).  Esta chamada estará aberta até ao dia 30 de janeiro de 2015 e aceita artigos em português, espanhol e inglês. As normas para os autores estão disponíveis em  http://www.cimj.org/index.php?option=com_content&view=article&id=41&Itemid=35 e os artigos devem ser enviados para cimjmedia@gmail.com . Continue reading “CFP: Revista Media & Jornalismo dedicada ao Jornalismo e Corrupção | Prazo: 30 janeiro, 2015”

Ebook – Cobertura Jornalística da Corrupção política: Sistemas políticos, Sistemas mediáticos e enquadramentos legais”

FullSizeRenderEncontra-se disponível a obra a” Cobertura Jornalística da Corrupção política: Sistemas políticos, Sistemas mediáticos e enquadramentos legais” coordenada por Isabel Ferin Cunha e Estrela Serrano. Nesta obra encontram-se artigos de autores brasileiros, moçambicanos e portugueses. (António João Maia, Bruno Paixão, Bruno Rico, Domingos Manuel do Rosário, Egídio Vaz, Ernesto Constantino Nhanale, Fernando Filgueiras, Helcimara Telles, Hermenegildo Ferreira Borges, José Álvaro Moisés, Mafalda Lobo, Marialva Carlos Barbosa, Mateus Morais Araújo, Nayla Lopes, Nuno Coimbra Mesquita, Pedro Fraiha e Rita Figueiras

Os textos permitem uma reflexão comparativa nos países lusófonos sobre o panorama complexo e facetado da corrupção politica e da cobertura jornalística do mesmo fenómeno.

O E-book pode ser consultado:
EPUB
MOBI
Versão PDF

Seminário Internacional “Mídia, Política e Democracia”| 9 a 11 de setembro 2014

image“Mídia, Política e Democracia” será o tema central do seminário internacional que terá lugar na USP e PUC-SPI, no próximos dias de 9 a 11 de setembro.

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑